Justificações em torno de assentamento periurbano da modalidade projetos de desenvolvimento sustentável (PDS) no estado de São Paulo : uma justiça ecológica em questão - HAL-SHS - Sciences de l'Homme et de la Société Access content directly
Journal Articles Retratos de Assentamentos Year : 2016

Justificações em torno de assentamento periurbano da modalidade projetos de desenvolvimento sustentável (PDS) no estado de São Paulo : uma justiça ecológica em questão

Abstract

We studied the discourses and land use and agricultural practices concerning the installation of the land reform settlement Milton Santos, which is supposed to work according to the Sustainable Development Project (PDS) model. The guidelines for this model is to produce with maximum use of nature conservation practices, as proposed by the National Institute of Colonization and Land Reform (INCRA). The methodological basis was the Theory of Justification, which focuses on how people justify their actions. To match justifications with field reality, we first surveyed the settlement, particularly the land occupation and use pattern. The justifications voiced relate both to engagement in land reform movement and to the strategies of residence and work on settlement lots. On this factual basis, we discuss the principles of justice mobilized in settlers´ arguments, founded mainly on and ecological justice order. According to settlers´ perception, ecological reasons constitute an increasingly legitimate reference to justify the struggle for land reform and ecologically-based land reform projects.
Este artigo apresenta interpretações fundadas sobre a teoria das justificações referentes à implantação do assentamento Milton Santos, inscrito na modalidade Projeto de Desenvolvimento Sustentável proposta pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Assim, as características do assentamento são examinadas, em particular no que se refere ao padrão de utilização dos lotes. Ademais, aspectos chaves da teoria das justificações são abordados com vistas à análise dos argumentos formulados pelos assentados para justificar suas ações em termos de engajamento na luta pela terra e de estratégias de residência e trabalho no assentamento. Nesta ótica, a análise focaliza os princípios de justiça mobilizados para a construção dos argumentos em favor do assentamento. Em particular, é discutida a hipótese de emergência de uma ordem de justiça ecológica, tornando-se uma fonte de referências cada vez mais legítima para justificar o engajamento na luta pela terra e a proposta de desenvolvimento de projetos agroecológicos.
Not file

Dates and versions

halshs-01797843 , version 1 (22-05-2018)

Identifiers

  • HAL Id : halshs-01797843 , version 1

Cite

P.E. Moruzzi Marques, C.A. Khatounian, L.C. Gaspari, Morgane Retière. Justificações em torno de assentamento periurbano da modalidade projetos de desenvolvimento sustentável (PDS) no estado de São Paulo : uma justiça ecológica em questão. Retratos de Assentamentos, 2016, 19, pp.21-40. ⟨halshs-01797843⟩
74 View
0 Download

Share

Gmail Facebook Twitter LinkedIn More